top of page
  • Foto do escritorCenagri Jr.

Silvicultura

Você sabe a importância da silvicultura? Confira abaixo um pouco mais sobre esse tema de grande importância para o agronegócio.



O que é a silvicultura?


A silvicultura consiste na ciência que estuda a formação e regeneração de florestas por meios artificiais e naturais, visando conciliar as demandas do mercado com o uso racional das áreas de plantação.


No Brasil, a atividade madeireira vem se tornando cada vez mais rentável. Segundo o IBÁ (Instituto Brasileiro de Árvores), a indústria brasileira de base florestal fechou 2019 com a balança em US$ 10,3 bilhões. Isso se dá ao fato de que existe uma grande diversidade nos segmentos em que a madeira pode ser utilizada. Como por exemplo: celulose, carvão vegetal, fabricação de painéis, etc. Também é possível obter produtos não-madeireiros, como os produtos alimentícios, por exemplo: açaí, pinhão, palmito, caju, etc.



No estado de São Paulo, a silvicultura ocupa o 2° lugar na produção nacional. As principais espécies encontradas em larga escala no estado são: eucalipto, pinus e seringueira. Existem aproximadamente 1,3 milhão de hectares cultivados dessas culturas.


Além da sua grande importância econômica, a silvicultura também possui um grande valor socioambiental. Não só geram emprego (cerca de 3,75 milhões, segundo o IBÁ) como também ajudam na manutenção da atmosfera. Estima-se que uma área protegida pode absorver cerca de 10 milhões de toneladas de CO2, o equivalente as emissões de 2 milhões de carros.


Interações com a agropecuária


É possível aplicar atividades florestais juntamente com as atividades agrícolas e pecuárias através do sistema de ILPF (Integração Lavoura-Pecuária-Floresta). Segundo a EMBRAPA, o sistema consiste na “produção sustentável que integra atividades agrícolas, pecuárias e florestais, realizadas na mesma área, em cultivo consorciado, em sucessão ou em rotação, e busca efeitos sinérgicos entre os componentes do agroecossistema, contemplando a adequação ambiental, a valorização do homem e a viabilidade econômica da atividade agropecuária”, ou seja, é um método de produção que visa de forma harmônica unir os três meios de produção.


O Sistema ainda pode ser classificado em quatro modalidades:


• Sistema ILP – Integração Lavoura-Pecuária

• Sistema IPF – Integração Pecuária-Floresta

• Sistema ILF – Integração Lavoura-Floresta

• Sistema ILPF – Integração Lavoura-Pecuária-Floresta


A classificação variada dos sistemas vem apenas das possíveis diversificações das atividades. Os princípios nas integrações são os mesmos.




Referências bibliográficas









Comentários


  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • LinkedIn - Black Circle
contato-whatsapp-cenagrijr-consultoria-agricola.png
bottom of page