• Cenagri Jr.

Implantação e manejo da cultura da banana.

Atualizado: Ago 27

A banana é uma fruta tropical que oferece muitos benefícios à saúde. Além de ser rica em potássio, nutriente que previne a ocorrência de cãibras, a banana conta com diversos nutrientes como magnésio, fósforo, sódio, vitaminas A, B e C e propriedades que combatem inflamações intestinais e gastrites.

Pode ser consumida in natura ou em sorvetes, doces, tortas, vitaminas, geleias e licores. Também pode ser assada ou frita.


O plantio

O plantio acontece o ano todo em regiões com bom índice de pluviosidade e no início da época das chuvas em regiões de clima seco.

O solo deve ser fértil, bem drenado e rico em matéria orgânica. O terreno deve ser plano e pouco acidentado. A região úmida, com chuvas regulares e temperaturas entre 22 e 30ºC.


1º Etapa: Escolher a variedade e adquirir boas mudas

As variedades mais conhecidas no Brasil são: banana-nanica, banana-ouro, banana-da-terra, banana-prata e banana-maçã.

Escolha mudas sadias, sem sintomas de doenças.

Os tipos de mudas mais utilizados são:

  • Chifrinho (até dois palmos de altura);

  • Chifre (de dois a três palmos);

  • Chifrão (mais de três palmos);

  • Rizoma ou batata, tirada de plantas adultas que ainda não produziram cacho.



2ª Etapa: Preparo do solo

Faça covas com 40 cm de largura por 60 cm de profundidade e deixe de três a quatro metros de distâncias uma bananeira da outra.

Misture a terra de cima com adubo e a coloque no fundo da cova. Assim a melhor terra ficará em contato com as raízes.

A adubação pode ser feita com estercos, cinzas, farinha de ossos e adubação verde.

Observação: Sempre consulte um técnico ou engenheiro agrônomo para orientar a quantidade certa de adubo.




3ª Etapa: Cuidar do bananal

É importante manter as bananeiras irrigadas, limpar o mato em volta delas, eliminar folhas doentes e secas e também o excesso de filhos.

O coração da bananeira funciona como dreno de nutrientes, por isso é interessante retirá-lo (caso não se tenha interesse comercial) do cacho quando estiver com um palmo de distância dos frutos.

A bananeira é uma planta estéril que se reproduz assexuadamente através do perfilhamento. Uma touceira de bananeiras deve ser conduzida por uma planta mãe, uma planta filha e outra planta neta.

O ataque de pragas e doenças pode ser evitado pelo uso de mudas sadias, escolha de variedades que se adaptam ao semi-árido e pelo plantio em áreas sem histórico de doenças e pragas.

Outra maneira de evitar o ataque de pragas é ensacando o cacho no período de inflorescência das pencas. Os sacos devem ser perfurados e ajudam a evitar danos causados por tripes. Caso o bananal seja atacado, as pragas podem ser controladas por inimigos naturais, inseticidas caseiros e o uso de iscas.



4ª Etapa: Colheita

A colheita é feita após um ano do plantio e deve ser feita com cuidado, pois qualquer batida causa escurecimento dos frutos e a queda do preço final do produto.



Referências

EMBRAPA, ABC da Agricultura Familiar: Como cultivar a bananeira

MATHIAS, J. Revista Globo Rural: Como Plantar Banana. <https://glo.bo/2sJizxd>


Gostou desse conteúdo e tem interesse no cultivo dessa cultura ou precisa de ajuda com sua lavoura?

Entre em contato com nossa empresa, temos o projeto ideal para sua realidade!

Fone: (14) 9 9624-9393

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • LinkedIn - Black Circle

Avenida Universitária, nº 3780 - Altos do paraíso

Botucatu - SP

Sítio Modelo

(11) 97024-1811
(11) 98351-3265

  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle