• Cenagri Jr.

Compactação do Solo

Atualizado: 18 de Jun de 2019

Definição

A compactação do solo é o processo no qual, através de ações antrópicas, o solo perde sua porosidade, e consequentemente, aumenta sua densidade. No meio agrícola, as principais causas desse processo são o tráfego intenso ou errôneo de máquinas agrícolas, como tratores, colhedeiras e plantadeiras, ou também pelo pisoteio de animais, como o gado.


Efeitos da compactação do solo

Como citado anteriormente, esse processo ocasiona a queda dos níveis de porosidade e aumento da densidade, prejudicando severamente as práticas agrícolas. Resultando em uma maior dificuldade de penetração das raízes no solo, a redução de trocas gasosas por falta de poros, além da impermeabilização do solo, originando processos de erosão e lixiviação resultantes da baixa capacidade do solo de reter água. Tendo como resultado final, uma redução do crescimento da planta, levando em muitos casos, à uma considerável queda na produção.


Formas de prevenção

Dentre as diversas técnicas de bom manejo do solo, com finalidade de prevenir esse processo, podemos pontuar algumas como:

· Evitar o uso de maquinários de grande porte em solos encharcados.

· Uso de rodados adequados, de acordo com a necessidade do produtor ( pneus BPAF ou esteiras)

· Utilizar sistemas que reduzem o tráfego de máquinas ( Plantio Direto, por exemplo).

· Evitar o trânsito de animais em solos encharcados.


Correção

Uma vez que o solo já está compactado, apesar de não ser indicado deixar que isso ocorra, existem formas de corrigir ou abrandar essa situação. Dentre os processos mais conhecidos no meio agronômico, estão a escarificação e a subsolagem, ambos os processos consistem no uso de implementos agrícolas, para promover a desagregação de camadas compactadas, apresentando algumas diferenças entre elas.

No processo de escarificação, ocorre o rompimento dessas camadas afetadas pela compactação, mas em menor profundidade (até 30 ou 35 centímetros de profundidade), enquanto na subsolagem, o uso de um subsolador pode alcançar camadas mais profundas, de até 1 metro. Porém, não é só a profundidade que separa os dois processos, é importante salientar que os escarificadores podem ser considerados implementos para o preparo do solo, substituindo o arado e a grade, enquanto que os subsoladores são utilizados apenas para romper camadas compactadas a profundidades maiores, atentando-se ao fator custo, que para uma subsolagem é consideravelmente maior, por demandar maiores forças, resultando em um alto consumo de combustível.

Existem diversos estudos que mostram e comparam outras formas de correção de solos compactados, como a rotação de cultura e o uso de culturas com raízes profundas e de forte penetração, que se realizadas de forma adequadas, garantem um solo em condições recomendadas para uma alta produtividade.


Referências:

COMPACTAÇÃO DO SOLO, ESCARIFICAÇÃO E SUBSOLAGEM. Disponível em:<https://bit.ly/2WCk6qb>

Aberturas de Trincheiras. Disponível em: <https://bit.ly/2KaNvkz>

Gostou desse conteúdo e tem interesse em compactação de solos ou precisa de ajuda com sua lavoura?

Entre em contato com nossa empresa, temos o projeto ideal para sua realidade!

Fone: (14) 9 9821-7197

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • LinkedIn - Black Circle

Avenida Universitária, nº 3780 - Altos do paraíso

Botucatu - SP

Sítio Modelo

(14) 99821-7197

  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle