• Cenagri Jr.

Como a pandemia afeta o mercado da carne

Atualizado: Jul 3

Em pleno auge da pandemia, o Brasil vem acumulando diversas crises internas, além das causadas pela doença. No âmbito da economia, têm surgido diversas ameaças vindas de fora do país, em especifico, no setor frigorífico, um dos mais ameaçados.

Uma dessas ameaças é o crescente número de países que ao terem seu poder de compra reduzido, por conta da recessão causada pela pandemia, optaram por reduzir tanto o volume, quanto o valor de compras das importações, além de estarem apostando em alternativas mais competitivas para supri-los. Exemplo foram os países árabes, que de janeiro a maio deste ano, recuaram suas compras em 8% no valor da carne e em 3% no volume, assim apostando na produção local ao invés da importação (de acordo com a câmara do comercio árabe brasileira).

Todavia o mercado chinês, em especifico, tem aumentado o volume de suas importações em 46,7%, atingindo 820 mil toneladas nesse período de recessão e se tornando responsável por 1/3 de toda carne exportada do Brasil se somado com Hong Kong. Estes, recentemente, têm feito diversos embargos na importação, com o intuito de conter o crescente valor do gado gordo, cujo recentemente atingiu um aumento de 34% se comparado com o mesmo período do ano passado, e assim se beneficiar com esta tática, conseguindo negociar valores melhores para eles.

Tal fato tem gerado um clima de incerteza quanto ao futuro dessa relação econômica para os produtores de gado no Brasil.

Referências:

<https://bit.ly/2D0VM8t>

<https://glo.bo/38mIjDt>

<https://bit.ly/2C58ORN>

Gostou desse conteúdo ou precisa de ajuda com sua propriedade? Entre em contato com nossa empresa, temos o projeto ideal para sua realidade!


  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • LinkedIn - Black Circle

Avenida Universitária, nº 3780 - Altos do paraíso

Botucatu - SP

Sítio Modelo

(11) 97024-1811
(11) 98351-3265

  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle